24/07/2007

Ouçam...


Tenéis que oírme

Yo fui cantando errante,
entre las uvas
de Europa
y bajo el viento,
bajo el viento en el Asia.

Lo mejor de las vidas
y la vida,
la dulzura terrestre,
la paz pura,
fui recogiendo, errante,
recogiendo.

Lo mejor de una tierra
y otra tierra
yo levanté en mi boca
con mi canto:
la libertad del viento,
la paz entre las uvas.

Parecían los hombres
enemigos,
pero la misma noche
los cubría
y era una sola claridad
la que los despertaba:
la claridad del mundo.

Yo entré en las casas cuando
comían en la mesa,

venían de las fábricas,
reían o lloraban.

Todos eran iguales.

Todos tenían ojos
hacia la luz, buscaban
los caminos.

Todos tenían boca,
cantaban
hacia la primavera.

Todos.

Por eso
yo busqué entre las uvas
y el viento
lo mejor de los hombres.

Ahora tenéis que oírme.


Pablo Neruda




Andrew Bird - Tables & Chairs

"... there will be tables and chairs
pony rides and dancing bears
there'll even be a band
'cause listen after the fall there'll be no more countries
no currencies at all
we're gonna live on our wits
throw away survival kits
trade butterfly knives for adderal
and that's not all
woah!
there will be snacks, there will
there will be snacks!"

16 impressões:

cybermoon disse...

muito bonito :0)

xa das 5 disse...

diria mais:muito bonito!!não me lembra de ter lido antes este poema do neruda

Amsilva disse...

que nem um espirito, errante, sem destino...
como sempre surpreende

sydneyland disse...

last january i went to see this guy here in syd...hes awwwwesome.thanks for post and have a good one Jai ^5

Tulipa Branca disse...

eu vi-o em Coimbra e também gostei muito :D a poesia é linda obrigada xoxoxo

joni du lac disse...

Feliz associação poema/som,parabéns

MsBambi disse...

Não conhecia este fabuloso poema de Neruda.O mundo precisa de mais poetas errantes mesmo sentados às suas secretárias.Adorei a letra da música e também não conhecia este músico que me parece muito original.Abraços

Paulo F disse...

o tipo eh xato um bocado seca nao faz o meu genero.......a poesia é fixe......tassebem

Luis Saraiva disse...

hahaha comigo faz 3,fui ao concerto de lisboa.o bird é mesmo isso:um pássaro da música e das palavras.VIVA Neruda.até 6ª abrço

estrelita disse...

adorei obrigada

ze dos blogs disse...

um grande poeta vem sempre em altura oportuna.abraço

naestranja disse...

se o poeta tivesse vindo aqui á américa não tinha escrito isto porque as uvas não são como as nossas e o vento cheira mal ou vira furacão...saudades...falta pouco...

naestranja disse...

o andrew bird não é reconhecido aqui como devia...há muitos músicos bons por cá mas só os que vendem muito passam nas radios e nos canais mais importantes...quem não interessa é visto com desprezo...e o pior é que estas ideias já são passadas nas escolas...até se incita á denuncia e quem é muito diferente é louco ou terrorista

Vanessa Lourenço disse...

Yes, yesterday there were tables and chairs
pony rides and dancing bears
there was even a band
'cause listen after the fall there'll be no more countries
no currencies at all
we're gonna live on our wits
throw away survival kits
trade butterfly knives for adderal
and that's not all
woah!
there will were snacks, there were
there were snacks...
Because yes, yesterday was like this...
Acabei na relva fresca do jardim do principe real, deitada sob um céu que amanhece depois de uma noite no bairro que se diz alto em que toda a "profecia anterior" aconteceu...
Andrew Bird?excelente!
Pablo Neruda?acima, muito acima, demasiado acima.
Obrigada, mais uma vez*

Kátia disse...

Há muito tempo atrás tive um encontro iluminado com os escritos desse mestre o Pablo Neruda.Desde então,o amo com a mesma intensidade em que amo tantos outros poetas.
Eu acho que já sabias...caso não,passou a saber.
Bela escolha,bela música.Só gostava de ter mais tempo para poder escutá-la,pois estou 'correndo'...De todas as formas e maneiras...meu agradecimento especial.
Beijo.

nela disse...

Obrigado pelo poema de pablo neruda. oxalá o mundo ouvisse as suas palavras. bons poemas