28/05/2007

Com título

[Allegro assai e molto cantabile]

obscura de sol
ébrio de água
criámos uma seita

secreta como o mar nosso deus zeloso
eu velo pelo teu olhar
tu permites-me esse gozo

és a minha pagã
a ti fui consagrado
comemos da mesma romã
extinguimos o pecado

ocultos na claridade
viver contigo não cansa
amanhecemos pela tarde
a noite é a nossa dança

tu e eu criámos uma seita

só de nós dois

não é perfeita?


Pôr do Sol em Haryana (2007)